Suporte técnico

0800 704 0606

Suporte técnico

0800 704 0606

Competição dará sequência ao retorno do automobilismo brasileiro às pistas, seguindo critérios rígidos de biossegurança das autoridades sanitárias. A prova na próxima semana corresponde a que não foi disputada devido à pandemia de Covid-19 em abril e as demais etapas do calendário serão remarcadas.

A etapa de abertura da temporada da GT Sprint Race acontecerá no Autódromo Internacional Zilmar Beux, em Cascavel (PR), entre os dias 31 de julho e 1º de agosto. Após uma espera de quase cinco meses, provocada pela pandemia da Covid-19, a organização do campeonato planeja manter a execução da maioria das etapas, cuja modificação de calendário deverá ser divulgada em breve.

A retomada do campeonato em 2020 seguirá a melhor conduta de biossegurança para a saúde dos envolvidos, em protocolo firmado com autoridades da Prefeitura de Cascavel, da Vigilância Sanitária e da Secretaria, Municipal de Saúde, com rigorosos procedimentos de proteção aos pilotos, colaboradores, parceiros e equipe de apoio técnico. Haverá a medição de temperatura na entrada, uso obrigatório de máscaras, além de limitação de pessoas no box e no evento em geral.

“A GT Sprint Race manifesta sua preocupação, a qual também reflete a apreensão do setor automobilístico, com o risco de colapso nos empregos, no contexto da pandemia da Covid-19, que abala o mundo e o Brasil. Por isso, a organização entende ser preciso, com todo o cuidado, responsabilidade, de modo coordenado e organizado, com envolvimento e sinergia para com as autoridades, iniciar o calendário das atividades da competição”, declara Thiago Marques, CEO da GT Sprint Race.

Dentre as obrigações do protocolo firmado, está a da apresentação do exame RT-PCR (com resultado negativo para COVID-19) por parte de todos os profissionais envolvidos. Tanto os vindos de fora (pilotos e equipes), que deverão enviar o exame à organização antes de partirem para Cascavel, quanto os contratados localmente, que também terão de fazer o teste antes de entrar no local. Todos estes estarão restritos às suas respectivas atividades necessárias para a realização das provas da etapa.

A GT Sprint Race previa, para esta temporada, etapas nos circuitos de Curitiba (PR), Londrina (PR), Interlagos (SP), Mogi Guaçu (SP), além de provas inéditas em Goiânia (GO) e em Juiz de Fora (MG), antes da suspensão do calendário, causada pela pandemia. “Dentro todas as possibilidades propostas, Cascavel foi o primeiro autódromo a abrir suas portas e conceder provas após a quarentena. Por isso, consideramos a realização da abertura da temporada, o que satisfez o desejo da comunidade do automobilismo nacional”, completa o organizador.

Leia mais>>>

Anterior
Próxima